Sedução Fatal – Kimberly Raye

segunda-feira, novembro 07, 2011 3 Comments A+ a-

Nikki Braxton já tinha desistido de encontrar um homem normal até que ela conheceu o caubói Jake McCann. Moreno, alto e muito sensual, Jake poderia ser o homem perfeito... se não fosse um vampiro. Bem, ao menos isto explica o.. ahn.. imenso apetite que ele sente por ela. Toda vez que eles se entregam ao fogo do desejo, Jake se alimenta da energia que precisa para destruir seu maior inimigo e reverter a maldição que o tornou um vampiro. Para a sua alegria, Nikki simplesmente adora passar as noites com ele e sua companhia é o melhor dos afrodisíacos. Até que Nikki é seqüestrada. Agora, Jake terá de optar entre sua chance de virar humano outra vez e salvar a única mulher capaz de fazê-lo se sentir vivo.

Eu achei que á tinha trocado esse livro mas, vejam só, o primeiro livro da série “Amor a primeira mordida”! Resenhei os outros 2 aqui no blog, por isso achei legal falar sobre o primeiro também.

(Pausa para admirar ao tanquinho do modelo da capa. TODAS SUSPIRA).

Então, como dito acima, Jake é um vampiro mas não está muito satisfeito com sua existência – por isso, quer destruir o vampiro que o criou, para que possa voltar ao normal. Acontece que Jake não se lembra de quem é o sujeito, por isso volta para Skull Creek para encontrá-lo: Os vampiros sempre voltam ao local por onde passaram pela transição e Sam Black, o vampiro que o mordeu, iria ir para lá mais cedo ou mais tarde.

Como os vampiros de “Kimberly Raye” tem tanta necessidade de sexo quanto de sangue, em um primeiro momento o relacionamento entre Nikki e Jake é só baseado nisso. Depois é que começam a desenvolver a parte romântica do relacionamento. Graças a esse fato, o livro tem dezenas de cenas hot, incluindo a “famosa” cena da moto, em que Jake simplesmente controla o veículo com a mente enquanto, hum, vocês sabem.
Quando li esse livro pela primeira vez, achei a história toda bem interessante mas fiquei um pouco frustrada com o final. Esse negócio de não querer ser vampiro e de não transformar a mocinha em vampira no final do livro é uma das coisas que mais me irritam quando leio uma história do gênero. E, em “Sedução Fatal”, isso acontece.

Mas ai eu li de novo, depois que já tinha terminado a série e tive uma impressão melhor do livro. Não entra para os meus favoritos mas é uma boa história, é divertida e te deixa curiosa sobre os próximos livros o que, imagino, seja o objetivo de todo primeiro livro que faz parte de uma série.
Levando tudo isso em consideração, indico a todos que gostam de romances com tema sobrenatural e uma pitada de “Fuego!”. Nota 7,5 – um livro razoável que ganha meio ponto pelos motivos que citei acima – desperta a vontade de ler os próximos. 

Mais um livro sobre vampiros! Leriam? Não? Porquê? Comentem!

"My work always tried to unite the true with the beautiful; but when I had to choose one or the other, I usually chose the beautiful." -- Hermann Weyl Miss Carbono que é o numero 6 na tabela periodica

3 comentários

Write comentários
Sara
AUTHOR
7 de novembro de 2011 07:41 delete

Eu não gosto dos romances de banca. Mas sua resenhas são demais! E esta capa? LIGA O VENTILADOR QUE ESTOU COM CALOR!
Na moto?! Owmaigodi!

Reply
avatar
Julia G
AUTHOR
8 de novembro de 2011 11:16 delete

Gente, realmente fuego, só de imaginar! haha
Pela história do livro em si não me interessei muito, mas a capa já dá uma graça a mais ;D

Beijos

Reply
avatar
Carissinha
AUTHOR
25 de novembro de 2011 10:52 delete

Já li esse livro. Achei legalzinho e quero ler a sequência. daria a mesma nota que você.


Beijos!

Reply
avatar


Olá, seja bem-vindo!

Pode falar o que quiser do filme, livro ou texto - só peço que tome cuidado para não ofender os outros leitores do blog. Nada contra palavrões mas também não vamos exagerar, ok?

Obrigada!