Filme: Invocação do mal (Resenha / Review)

quinta-feira, setembro 26, 2013 1 Comments A+ a-

             
              A familia Perron, composta de pai, mãe e 5 meninas, se muda para uma nova residência. Imediatamente após a mudança, estranhos fatos sem explicação aparente começam a acontecer, coisas que só vão piorando até que viver naquele lugar se torna insuportável. É então que a mãe entra em contato com o casal Warren, investigadores paranormais reconhecidos e prestigiados, para que eles o ajudem a se livrar da presença que existe na casa.

               A primeira coisa que me chamou a atenção em Invocação do Mal (em inglês The Conjuring) quando vi o trailer, foram os sustos e cenas de filme de terror mais clássico. Mas o que fechou mesmo o acordo e me fez querer ir assistir esse filme no cinema foi descobrir que o diretor é o mesmo de Insidious*, o melhor filme de terror dos últimos tempos. Ou seja, corri para o cinema assim que estreou aqui na minha cidade, com a expectativa a mil.
              Mas, ao contrário do que ocorreu com os últimos filmes de terror que vi no cinema (A filha do mal cof cof) dessa vez minhas expectativas foram plenamente satisfeitas. Em Invocação do Mal não vemos os clichês utilizados atualmente pela maioria dos diretores de terror - filmagem com aparência caseira ou cenas sangrentas – e só isso já é uma ponto positivo. Mas o filme é bem mais que isso, desde a sua escolha de atores principais (Patrick Wilson de Insidious e Vera Farmiga de A Orfã) até seu roteiro e, principalmente sua direção que nos proporciona o melhor do terror/suspense sobrenatural.


               Desde a primeira cena, a plateia entra no clima de medo a que o filme se propõe, graças a uma cena envolvendo uma boneca (sim, bonecos ainda são assustadores). Esse medo e clima de suspense só vai aumentando, até o final, que é quando (finalmente?) o mal mostra sua face. Sobre isso, assim como em Insidious, é interessante perceber que a figura antagonista da história é “preservada” ao longo da trama, sendo utilizadas mais sombras e detalhes do que propriamente uma pessoa. Apenas no final, com a possessão, é que esse mal cria uma forma mais palpável – que é justamente quando ele pode ser combatido pelos paranormais.


               Mas, até lá, são sequencias assustadores e cheias de sustos (até gritei, confesso) excelente e nada cansativas. A câmera muitas vezes se posiciona atrás do atores ou até mesmo em primeira pessoa, tudo para nos colocarmos na pele dos personagens, algo que dá muito certo em todos os momentos.
               Como se não bastasse tudo isso, ainda tem a cereja do bolo:  O filme é inspirado/baseado em uma história real. Para vocês terem uma ideia, o casal Warren prestou consultoria para esse filme e alguns membros da família Perron visitaram o set. Quando você para e analisa o filme com essa ótima, Invocação do Mal se torna ainda melhor.
               Mas o fato de ser uma história real também tem um aspecto negativo: Não há controle sobre o final da história, deve-se retratar o que realmente aconteceu. E, nesse caso, o desfecho não é lá grande coisa, na verdade é até um pouco piegas e empobrece a obra total.


               Mesmo assim, recomendo Invocação do Mal para os fãs do gênero (e para os que quiserem uma boa história de suspense/terror). Hoje, quando escrevo essa resenha, passaram-se 5 dias desde quando assisti o filme. Mesmo assim ainda sinto medo quando me lembro das circunstâncias – o que mostra que o filme é realmente bom dentro daquilo que se propôs.
              
  Nota 8,5 muito bom, mas tirei meio ponto pelo final.


* Enquanto pesquisava para essa review, descobri que James Wan (o diretor) também dirigiu o excelente Gritos Mortais –aquela cena do inicio de ‘Invovação Mortal’ me lembrou um bastante esse filme.


--------------

"My work always tried to unite the true with the beautiful; but when I had to choose one or the other, I usually chose the beautiful." -- Hermann Weyl Miss Carbono que é o numero 6 na tabela periodica

1 comentários:

Write comentários
Nana ~*
AUTHOR
27 de setembro de 2013 00:44 delete

Hey
Ah eu adorei o filme HAHA, achei bem interessante os sustos, sem precisar de mutilações e tals.
Eu to doida pra assistir Sobrenatural, to esperando a boa vontade da Ticia HAHAHAHAHA
Marcamos varias vezes e até agora nada.

bjs
Nana - Obsession Valley

Reply
avatar


Olá, seja bem-vindo!

Pode falar o que quiser do filme, livro ou texto - só peço que tome cuidado para não ofender os outros leitores do blog. Nada contra palavrões mas também não vamos exagerar, ok?

Obrigada!