Filme: Para sempre (Resenha / Review)

sexta-feira, junho 15, 2012 1 Comments A+ a-

        
        Um casal apaixonado separados por uma tragédia: Ela perde a memória e se esquece dele e do que passaram juntos. Agora ele tem que reconquistá-la. 
        Pronto, isso é tudo o que há em comum entre o filme 'Para sempre' e o livro homônimo (resenhado aqui). É que a história do filme é apenas 'inspirada' na história real e não baseada como falam na sinopse. Acredite isso é uma baita diferença pois algo que é baseado segue a história original quase a risca enquanto o que foi inspirado usa a história como ponto de partida para algo que pode ser completamente distinto.
         Por isso é tudo diferente, até mesmo o nome dos personagens: No filme o casal principal se chama Page e Leo. E também há uma série de conflitos ocasionados pela perda de memória de Page - ela se esquece de que teve uma mudança de vida radical na época da faculdade, que não fala mais com os pais, que casou com outro... Page era uma estudante de direito que resolveu se tornar artista porém, com o acidente, ela não se lembra mais disso. 


         Leo, o marido (Channing Tatum *-*)  e também artista, tenta de tudo para que Page recupere a memória: Leva-a para a casa do casal, mostra lugares que frequentavam juntos, faz cocegas... É de partir o coração ver que ela se esquiva de cada tentativa de aproximação dele. Só que também é complicado perder a memória e acordar com um mundo diferente e um cara estranho dizendo-se seu marido. 
          Esse conflito entre o casal principal tem uma carga dramática muito forte e, mesmo que eu tivesse uma noção de como tudo terminaria, sofri muito assistindo 'Para sempre'. Mais do que no livro, aliás, por que no filme há detalhes sobre o relacionamento do casal e não há tentativas de se passar uma mensagem puritana. Não cheguei a chorar assistindo o filme mas confesso que meus olhos marejaram em alguns momentos; a cena em que Leo conta como foi que Page disse que o amava pela primeira vez é um dos pontos altos do filme e também foi uma dessas em que as lágrimas quase rolaram. 

        Sobre o final, acho que fiquei um pouco decepcionada. O filme caminhava bem, tinha bons e maus momentos mas que prendiam o expectador e, de repente... FIM. Senti falta de uma definição, esses finais que deixam para a imaginação sempre me incomodam, ainda mais nos romances. Seria demais colocarem uma ceninha pós-créditos?
          Mesmo assim, é um filme que indico para quem gosta de histórias de partir o coração e suspirar, ao mesmo tempo. Não entra na minha lista de filmes favoritos mas valeu a maioria das 1h44min de duração. 

Nota 7,5 - razoável com meio ponto pelo bumbum a mostra do Channing Tatum*.

* Brincadeira é pelo roteiro que partiu de uma história real e criou algo completamente diferente porém igualmente romântico. 

***
Você já assistiu 'Para sempre'? Gostaria de assistir? Comente! 

"My work always tried to unite the true with the beautiful; but when I had to choose one or the other, I usually chose the beautiful." -- Hermann Weyl Miss Carbono que é o numero 6 na tabela periodica

1 comentários:

Write comentários
Raissa Debora
AUTHOR
20 de junho de 2012 07:37 delete

Varias pessoas me disseram q era bom, eu ate prentedo assistir, mas n sabia q era assim tao triste. E se tem uma coisa q eu venho fugindo ultimamente sao de filmes tristes como esse.
Vou aproveitar q estou de ferias e que ele ainda esta passando no cinema p poder assistir. Isso se nao lançaram filmes melhores ate o fim das ferias pq por aqui os filmes dos cinemas estao bem fracos.

bju
letracomasa.blogspot.com

Reply
avatar


Olá, seja bem-vindo!

Pode falar o que quiser do filme, livro ou texto - só peço que tome cuidado para não ofender os outros leitores do blog. Nada contra palavrões mas também não vamos exagerar, ok?

Obrigada!