Resenha: Anjos Apaixonados. – Lori Foster

segunda-feira, agosto 08, 2011 9 Comments A+ a-

                                                                                                                            
             Yeah, romance de banca!

Não sei por que estou comemorando, mas é que faz tempo que eu não escrevia sobre. O livro da vez se chama “Anjos Apaixonados”, da Lori Foster, uma das minhas autoras favoritas, que eu já elogiei bastante aqui no blog. Não que Lori Foster mereça um Pulitzer mas gosto do estilo dela e da maneira como ela torna os enredos interessantes e os personagens também, mesmo com os clichês.

O legal é que, ao contrário do outro livro da autora que eu resenhei aqui, em “Anjos Apaixonados” as duas histórias se complementam, isto é, personagens que na primeira história são coadjuvantes, na segunda são principais.

A primeira história do livro se chama “Farsante”. Nela Dane Carter, se faz passar pelo seu irmão gêmeo recém falecido para investigar a morte do irmão. Sob a identidade de Derik, Dane acaba se apaixonando por um antigo caso de seu irmão.
Angel Morris, a mulher em questão, não sabe que está diante de um homem diferente mas, mesmo assim, sente que aquele Derek a sua frente é muito mais atraente do que o que conhecia antes, ainda que ambos fossem iguais. Logo os dois se envolvem ao mesmo tempo em que um vilão fica a espreita e quer acabar com Angel.
Se você pensar racionalmente, essa história não faz nenhum sentido. Afinal, que espécie de pessoa se faz passar pelo irmão morto e ainda dá em cima a ex-namorada do irmão? Mas é um tema bem comum para romances de banca e, de uma maneira completamente literária, faz sentido. Como sempre, Lori Foster escreveu uma história envolvente e hot e com personagens principais muito bons e interessantes (principalmente Dane).

Li essa história em um dia e gostei bastante, ainda que a identidade do vilão estivesse um pouco óbvia (esse é o lado ruim de usar poucos personagens). O ritmo do livro é agradável, o que me faz pensar que, dessa vez, não houve nenhum corte (ainda bem!). 

O mesmo se passa na segunda história onde vemos o amigo e a irmã de Dane, Alec e Celia. No primeiro livro eles pareciam não ir com a cara um do outro, mas é um romance, né?
A história se chama “Paixão Cega” e nela, Alec e Celia investigam o desaparecimento de uma jovem, que provavelmente foi parar no mundo da prostituição. Alec é ainda mais mau-encarado que Dane, o que chega a ser engraçado por que todo mundo tem medo dele. Inclusive Celia, no começo.

Essa história tem uma abordagem um pouco diferente da primeiro, pois o casal já se conhecia, só não sabia como lidar com a atração que sentiam um pelo outro. As duas histórias são muito boas mas eu prefiro a segunda, me lembra alguns de meus livros preferidos.

Eu não tenho nenhum ponto negativo para citar, é uma história simples e despretensiosa e foi ótima para ler durante um hiato entre livros. Recomendo aos que gostam de romances e estão a fim de ler uma história bem escrita, ainda que com alguns clichês (nada contra, eu amo clichês). Considerando tudo isso, dou nota 8 – é um bom livro

***
Agora eu quero saber: Leriam o livro? O que acharam? 

"My work always tried to unite the true with the beautiful; but when I had to choose one or the other, I usually chose the beautiful." -- Hermann Weyl Miss Carbono que é o numero 6 na tabela periodica

9 comentários

Write comentários
8 de agosto de 2011 09:11 delete

que coisa mais linda!!!!
Passando para te visitar e desejar uma linda semana.
beijos
http://amorimortall.blogspot.com/

Reply
avatar
Julia G
AUTHOR
8 de agosto de 2011 09:48 delete

Eu com certeza leria o livro. Estou com uma saudade danada de ler romances de banca, e essas histórias envolvem um pouco de tudo o que eu gosto ;)

Beijinhos
Conjunto da Obra

Reply
avatar
Leilla
AUTHOR
8 de agosto de 2011 14:35 delete

Estava passando por aqui e me deparei com essa resenha! *-*
Ontem mesmo eu terminei de ler esse livro! Eu aaammmeeeiii! haha
Eu também gostei mais da segunda história.. geeeeente esse Alec é tudo de bom, meu Deus! \o/
Adoooro esse jeitão de garotão do mal! Ah quem me dera um desse... #sonha
Recomendadíssimo, meninas! A minha nota é 9,0, mas é bom viu! :)

Reply
avatar
9 de agosto de 2011 01:04 delete

Eu não gosto de com livros com 2 histórias, sem lá, uma é meia boca e a outra ruim kkkk. Mesmo assim, vou anotar esse dica.

Torcendo para Chegar logo aos 500 seguidores hehehehe ;)

Beijos
Apaixonada por Romances

Reply
avatar
Kel Costa
AUTHOR
9 de agosto de 2011 06:56 delete

Só li 1 romance de banca até hoje rs. Mas às vezes tenho vontade de pegar e comprar algum, só que a lista de leitura tá tão grande, que tem tempos que não compro livro... rs

Bjs,
Kel
www.itcultura.com

Reply
avatar
9 de agosto de 2011 12:09 delete

Ain, eu quero ler, mas tô tentando - por mais que não pareça - não comprar nada até a Bienal, minha mesada para poupança, ou é isso ou lá só ficarei com cara de paisagem! :P
Beijos,K.
Girl Spoiled

Reply
avatar
9 de agosto de 2011 20:00 delete

A história parece ser interessante, mas eu não sou fã de romances de banca.
Acho muito previsiveis =/
Bjo

Reply
avatar
Olivia
AUTHOR
12 de agosto de 2011 15:38 delete

kkkkkkkkkkkkkkkkkk a primeira coisa que eu pensei quando vc começou a descrever a estoria de Farsante, foi: O.O porque diabos o homem está se fingindo do irmão que morreu para investigar a morte do homem? isso foi totalmente sem sentido. O fato dele pegar a ex do irmão é plausível, mas a primeira parte? que piração. Lembrei até de um episódio de Chapolin que o Kiko tem um irmão gêmeo malvado, que fica se passando por ele para agarrar a Dona Florinda e no final, a Dona Florinda não é a Dona Florinda e sim a irmã gêmea do mal! huahuahuahuahauhahuaa okay... to viajando na maionese agora! Adorei a resenha!
bjs
Olivia
http://paponosense.blogspot.com

Reply
avatar
Maricota
AUTHOR
16 de agosto de 2011 11:26 delete

Olá.. Eu li o livro 'Casey' da Lori Foster e gostei. A história é bem sólida e não acho que teve "cortes".. acho que você vai gostar. Bjus

Reply
avatar


Olá, seja bem-vindo!

Pode falar o que quiser do filme, livro ou texto - só peço que tome cuidado para não ofender os outros leitores do blog. Nada contra palavrões mas também não vamos exagerar, ok?

Obrigada!