Filme: Trabalho Sujo.

segunda-feira, agosto 29, 2011 4 Comments A+ a-



Trabalho sujo é um filme de 2009 com Amy Adams e Emily Blunt no elenco e conta a história de duas irmãos, Rose e Norah.

 

A primeira vista elas parecem ser o oposto uma da outra: Rose trabalha em uma firma de limpeza de residências, tem um filho, é super responsável e sonha em ser contadora. Norah ainda mora com o pai, não para em trabalho nenhum e é super rebelde, ou seja, parece que não cresceu.

Quando Mac, “namorado” de Rose e também policial, sugere que ela entre para o negócio de “limpeza de cena do crime”, Rose até da risada pois não imagina a si mesma limpando sangue etc. Mas depois acaba aceitando e, juntamente com a irmã Norah, elas entram para o “ramo” com a cara e coragem, sem saber nada sobre limpeza biológica.
Conforme o filme vai se desenvolvendo, cheio de situações “cômicas” que as duas passam no novo trabalho, percebe-se que as irmãs tem mais em comum do que imaginam: Ambas são meio traumatizadas por causa do que aconteceu com a mãe, são meio loser e esperam aprovação alheia.
Há também o pai delas Joe, que vive sonhando em empreitadas que lhe dariam muito dinheiro. O garoto Oscar também aparece bastante no filme, com suas perguntinhas que geram constrangimento alheio.


Pô Carol, não enrola! Qual é a história do filme?

Então, esse é o problema com Trabalho Sujo. Não tem história apenas alguns motes vazios que vão se desenvolvendo sem chegar a resultado nenhum, personagens jogados e situações que seriam trágicas se não fossem cômicas (e vice-versa).  O  problema é que até mesmo essas “situações” não tem graça nenhuma: Para não ser chata vou admitir que dei risada durante o filme. Em uma cena apenas. E a do final. Só. Mas não era nem tão engraçado assim, pra falar a verdade.
A justificativa de que o filme mostrou o amadurecimento das irmãs é plausível mas acho que faltou algo a mais com que fundar a história, o roteiro ficou cheio de pontas soltas e nenhum pseudo-cult vai me convencer que aquilo é apenas um “final aberto”. Final aberto tem limite: abandonar os personagens secundários sem conclusão da história deles pra mim é desleixo.
Não tenho nem pra quem indicar esse filme por que não faço idéia do que ele se trata. Se ajudar, o Adoro Cinema diz que é uma comédia dramática, então quem gostar do estilo fique a vontade.
Mas não vá esperando muita coisa. Como eu disse, é um filme sem propósito (tanto que esperei até o ultimo momento que algo acontecesse).

Nota 6Não gostei.


E vocês: O que acham de finais abertos? Gostam, desgostam ou acham que tudo depende da situação? Comentem!

"My work always tried to unite the true with the beautiful; but when I had to choose one or the other, I usually chose the beautiful." -- Hermann Weyl Miss Carbono que é o numero 6 na tabela periodica

4 comentários

Write comentários
Sara
AUTHOR
29 de agosto de 2011 10:19 delete

Eu vi o trailer, mas não me chamou atenção!
Este negócio de não ter história acontece em muitos filmes, parece preguiça/burrice ou falta de criatividade dos produtores-roteiristas.

Reply
avatar
Nana
AUTHOR
29 de agosto de 2011 17:53 delete

Oiee Carol!
Bom se esse filme não tivesse a Amy Adams ia passar batido por mim hahaha
Se eu for assistir será por causa dela [fanmodeon]
Muito fofo o bebê no post HAHAHA

Roteiristas vamos trabalhar meu povo! hahah

bjs
Nana - Obsession Valley

Reply
avatar
Ana Ferreira
AUTHOR
29 de agosto de 2011 17:58 delete

Olá, Carol!
De verdade, deu para notar que você gostou nem um pouquinho do filme kkk A história pareceu-me realmente sem rumo, daquelas que ficamos esperando algo interessante acabar, uma razão para o comportamento das personagens, para os fatos que se sucedem.
Comédia dramática? Acho o gênero meio... bizarro(?) heiuehieuhieh
Mas nunca se sabe, vai que eu me deparo com ele e acabo nutrindo uma certa simpatia? Difícil...
Gostei da sua resenha, do tom irônico dela!

Beijinhos,
Ana - Na Parede do Quarto

Reply
avatar
31 de agosto de 2011 06:16 delete

Antes mesmo de ler o que você tinha achado do filme, não gostei da sinopse. Não me chamou a atenção pela história (ou falta dela, enfim). Detesto finais abertos, eu acabo de ver o filme pior do que comecei, e ainda braba porque não entendi nada e porque não sei o que aconteceu com alguns personagens.
Beijos.

Reply
avatar


Olá, seja bem-vindo!

Pode falar o que quiser do filme, livro ou texto - só peço que tome cuidado para não ofender os outros leitores do blog. Nada contra palavrões mas também não vamos exagerar, ok?

Obrigada!