|FILME| Creed - Nascido Para Lutar (RESENHA / REVIEW) #Oscar2016

quarta-feira, fevereiro 10, 2016 1 Comments A+ a-


   Continuação da franquia "Rocky", narra a história de Adonis Creed, filho do lutador Apollo, melhor amigo de Rocky, e que também quer perseguir a carreira de lutador.  No entanto, ao contrário de Rocky e Apollo, Donnie não teve que enfrentar muitos desafios na vida, tendo sido criado com regalias pela esposa de Apollo depois que ela o tirou de um reformatório. Como o próprio Rocky diz ao personagem no início, Donnie é um jovem que não tem porque lutar, mas que escolheu lutar mesmo assim por entender que é esse o seu sonho e destino. 
   Por acreditar nisso, Donnie se muda para Detroit e passa a treinar boxe por conta própria já que, a principio, Rocky não quer treiná-lo. Enquanto tenta realizar suas aspirações como lutador ele conhece a cantora Bianca, com quem acaba se envolvendo. Donnie também percebe que é difícil se livrar da influência e da pressão de ser filho de um astro no esporte em que quer atuar. 
   Não sou fã da franquia, acho que nunca assisti a um "Rocky" do início ao fim. Porém fui assistir Creed com altas expectativas, pois sei que as tramas da história tem sempre um que 'motivacional'. Não me decepcionei, Creed é um ótimo filme, com cenas de luta emocionantes e realistas e diálogos muito bons, embora não excelentes. Stallone tenta aqui ressucitar sua franquia de sucesso, contando a história desse novo boxeador, enquanto coloca Rocky, o personagem aparentemente invencível dos outros filmes, no maior desafio de sua vida. 
   Essa mistura de drama com ação/lutas que já é característica dos filmes dessa franquia mas conseguiu me emocionar mesmo assim. Quando disse que os diálogos não são excelentes o fiz por entender que esse filme não tem nenhum discurso motivacional do Stallone ou de qualquer outro personagem, daqueles que a gente costuma ver depois da internet como inspiração motivacional. Pelo contrário, o único monólogo de Rocky nesse filme é até anti-motivacional, em um dos momentos de maior carga dramática da história. Tenho que elogiar a atuação espetacular de Stallone nesse filme (não é atoa que está concorrendo a Melhor Ator Coadjuvante no Oscar desse ano) e sua coragem de colocar seu personagem, tão consagrado, em uma situação vulnerável. A cena em que Rocky vai visitar sua esposa no cemitério e a ultima cena, em uma famosa escadaria, são apenas alguns exemplos memoráveis do ator e do filme. 
   E, sobre a ação, está também está emocionante. Nunca pensei que ficaria tão angustiada e torcendo com uma luta de boxe mas foi isso o que aconteceu. O desfecho foi bem coerente e realista mas não deixou de empolgar, fiquei com vontade até de ver os outros filmes da franquia. E sobre a trilha sonora? Para os que acham que esse filme não terá Eye Of The Tiger, sugiro que continuem assistindo porque essa é uma das cenas mais arrepiantes de Creed. 
   Recomendo para os que já curtem a franquia ou gostam desse tipo de filme, ou mesmo se você está afim de um ótimo filme para assistir em casa num dia chuvoso. 
   Nota 8,5 - um bom filme; dei meio ponto pelas cenas memoráveis. 

|TRAILER|

Nascida no interior de SP, formada em Publicidade e Propaganda, sempre gostou de dar palpites sobre filmes, séries, animes, livros e o que mais assistir/ler. Autora do Blog "Resenhas e Outras Cositas Más" (Miss Carbono) e "Coisas de Karol". No Twitter fala de política, séries e da vida (não necessariamente nessa ordem). Siga: @karolro

1 comentários:

Write comentários
Maria Eu
AUTHOR
17 de janeiro de 2017 08:00 delete

Eu dou dez qualificação, acho que é maravilhoso, filmes Rocky Balboa são divertidos e deixar uma mensagem, eu cresci com eles, tem um dos melhores discursos que eu vi, muito reconhecimento de tudo uma história de sucesso, ganhou, fala-aperfeiçoamento, o conhecimento de nós, os sonhos que podemos alcançar, acho que em Creed nascido para lutar o drama é bem dosado com uma história de amor que experiente muito bem ver o Sr. Stallone é a alma da sequela é uma jóia, eu estava à beira das lágrimas de tanta nostalgia.

Reply
avatar


Olá, seja bem-vindo!

Pode falar o que quiser do filme, livro ou texto - só peço que tome cuidado para não ofender os outros leitores do blog. Nada contra palavrões mas também não vamos exagerar, ok?

Obrigada!