Resenha: Não faz sentido - por trás das câmeras (Felipe Neto)

domingo, maio 04, 2014 2 Comments A+ a-


      Se você tinha acesso a internet e era um adolescente no ano de 2010, provavelmente se lembra do "Não faz sentido". Era (é?) uma série de vídeos postados no Youtube em que um cara de cabelo pra cima e óculos escuros falava mal, com muitos gritos e palavrões, de coisas que ele não concordava, tais como a Banda Restart, Justin Bieber e outras modinhas adolescentes. Os vídeos eram bem simples, sem grandes produções mas alcançaram grande sucesso e o autor dos vídeos, um carioca chamado Felipe Neto que jurava que era tudo um personagem, ganhou prêmios e um programa no Multishow graças a esse quadro.
       Eu costumava assistir aos vídeos do 'Não faz sentido' e dava muitas risadas com eles, principalmente naquele em que o "personagem" criticou a série Crepúsculo. Mas ai os vídeos foram ficando sem graça (ou eu cresci, sei lá) e eu parei de assistir. Pouco depois, o Felipe Neto lançou o canal Parafernalha no Youtube e também parou com os vídeos do 'Não faz sentido'.
        Dito isso, quando me falaram que o Felipe Neto havia lançado um livro com os bastidores do 'Não faz sentido', contando a história por trás de cada vídeo e como a vida dele mudou naquela época eu, sinceramente, não dei a mínima: Não tinha um pingo de curiosidade para conhecer a história do cara, até por que nem me lembrava mas dele. Então se você for estiver lendo essa resenha e se perguntando "POR QUE DIABOS VOCÊ LEU O LIVRO/BIOGRAFIA DO FELIPE NETO?!" saiba que não sei a resposta até hoje, mas o fato foi que comecei a ler essa tal biografia durante uma aula particularmente entediante de estatística.
         A primeira coisa que percebi foi que a palavra Biografia não poderia se adaptar a esse amontoado de páginas. A não ser que seja uma biografia do Não faz sentido, por que o Felipe Neto só fala sobre isso, muito pouco sobre a própria vida. O segundo problema é que esse livro também não poderia se encaixar em qualquer outra categoria decente por que me parece mais um texto em um blog (tanto na forma de redigir, quanto no conteúdo) do que propriamente um livro. Sério que isso precisou de tantas páginas para ser contato? Uma reportagem de 10 minutos resolveria o problema, mas provavelmente não tem o mesmo apelo de marketing do lançamento de um livro.
          Após uma introdução ridícula que não fala absolutamente nada, passei por uma série de capítulos com todos os detalhezinhos por trás de cada video do Não faz sentido. Logo fui percebendo o tamanho do ego desse cara chamado Felipe Neto. Ele acredita piamente que ele (e o PC Siqueira) revolucionaram a internet e o Youtube brasileiro e que tudo (tudo!) o que aconteceu de 2010 pra cá foi por que ele gravou esses vídeos e investindo no youtube brasileiro. Ou seja, se você tem produções de cinema na internet, agradeça ao todo-poderoso Felipe Neto - não estou exagerando, o tom do livro é bem esse.
          Para dizer que o livro não foi uma total perda de tempo, os momentos em que o autor (?) fala sobre a criação da Parafernalha e da Paramaker - rede de network para vlogers brasileiros - são realmente interessantes. Mas, como o livro é sobre o 'Não faz sentido', esses momentos são só um amontoado de linhas nos capítulos finais, ou seja, nada que justifique a leitura desse livro.
          Recomendo "Não faz sentido - por trás das câmeras" apenas se você está pensando em montar um vlog ou for fã do Felipe Neto. Fora isso, tanto a escrita quanto o conteúdo não justificam o tempo comprando e lendo esse livro, que mostra mais o tamanho do ego do Felipe Neto do que e menos situações realmente divertidas ou que justificaria a publicação de um livro do gênero (seja lá qual gênero for essa bomba). Eu gostaria que alguém tivesse me dito isso antes que eu tivesse começado a ler, assim não teria perdido horas preciosas do meu tédio.
            Nota 6,5 - é ruim mas dei meio ponto pelos breves momentos em que algo de útil saiu dessas páginas.

"My work always tried to unite the true with the beautiful; but when I had to choose one or the other, I usually chose the beautiful." -- Hermann Weyl Miss Carbono que é o numero 6 na tabela periodica

2 comentários

Write comentários
5 de maio de 2014 17:48 delete

Vixi! Esse eu passo!
Me lembro do vídeo da crítica de Crepúsculo! Meu marido que me mostrou, ele riu muito da minha cara! mas acho que não leria esse livro!
Bjus

Reply
avatar
Sandra Mendes
AUTHOR
25 de junho de 2014 15:33 delete

Nunca gostei do Felipe Neto e realmente penso que ele se acha demais.
Então não, não lerei... rs.


Beijos!

www.oblogdasan.com

Reply
avatar


Olá, seja bem-vindo!

Pode falar o que quiser do filme, livro ou texto - só peço que tome cuidado para não ofender os outros leitores do blog. Nada contra palavrões mas também não vamos exagerar, ok?

Obrigada!