Resenha: Butterfly - Kathryn Harvey

segunda-feira, dezembro 24, 2012 3 Comments A+ a-



          Em Butterfly, é narrada a trajetória de quatro mulheres bem diferentes entre si mas que tem seus caminhos cruzados tanto por estarem ligadas ao Butterfly, um bordel de luxo dedicado somente a mulheres. 
Conhecemos um pouco mais sobre a vida de Linda, Trudie, Jessica e a jovem Rachel, seus dramas, seus conflitos e sua trajetória. É interessante ver como casa mulher é afetada de forma diferente e usa de suas experiências no Butterfly para conhecer a si mesma. 
            Pela sinopse (que você pode conferir no skoob) , esperava um romance adulto, porém com algo de romantismo e mistério. Afinal, nela só se fala do Butterfly, descrito como um "clube particular" e um pouco das fantasias das três mulheres, como se esse fosse o foco principal do livro. No finalzinho da sinopse cita-se brevemente a dona do 'clube', uma mulher com uma 'obsessão secreta que irá levá-la além do êxtase', ou seja, logo pensei que se tratava de algo erótico e misterioso. 
            Mas percebi, logo no primeiro (de inúmeros) flash-back, que esse não é simplesmente um romance adulto. O principal tema do livro é a vingança, sendo todo o resto (erotismo, mistério, drama) somente um pano de fundo para essa vendetta que é planejada por longos 35 anos. Quanto ao romance, esse é irrisório, só aparece mesmo nas 10 últimas páginas, no máximo.
            Não que essa trama não seja interessante. A história é razoavelmente bem costuradas com fatos históricos reais, o que dá um aspecto verídico ao enredo. Temas como prostituição, religião, machismo e estupro também são abordados com um ar de veracidade e é impossível não se sentir impelido a continuar a leitura, nem que seja apenas para saber o destino de tais personagens. 
              A escrita da autora é razoável mas achei que o livro acabou se perdendo em alguns momentos, principalmente no final, em que a atitude da personagem principal (a misteriosa dona do Butterfly) é tão diferente de tudo o que ela mesma diz acreditar, que chega a parecer inverosímel. Infelizmente não posso dar spoilers, mas não acredito que a autora se rendeu a um clichê hollywoodano, sem dar uma pista sequer sobre o que levou essa mudança da personagem. 
              Além disso há o conteúdo do livro, extremamente diverso do que foi passado na sinopse e em divulgações das editoras. A propaganda do livro apontava para mais um romance erótico, tão igual a esses que estão enxurrando o mercado. E a verdade é bem diferente, tão diferente aliás que receio que o livro acabe atingindo um público alvo que não seja o ideal para esse tipo de história.
            Eu, por exemplo, embora não tenha detestado esse romance, não sou exatamente o público que seria 100% agradado pela história. Pra falar a verdade, eu sequer teria comprado esse livro se tivesse um pouquinho melhor sobre o que ele se trata. 
            Por isso, prepare-se para um drama sobre vingança que, por acaso, tem uma outra cena erótica, puramente erótica, sem qualquer romance de fato - afinal Butterfly é um bordel mesmo, não se enganem por essa história de clube. 
            Se, após tudo isso, você quiser saber um pouco mais sobre Butterfly, leia o livro. Só me pergunto que tipo de história haverá nos outros livros dessa trilogia por que, pra mim, essa trama já está toda fechada. Minha nota é 7 - um livro razoável. 
            Se vou ler os outros livros da trilogia? Bem, nunca diga nunca, né? Talvez leia só pra saber o que a autora vai criar. 

O que acha? Leria esse livro? Comente!
            
           

"My work always tried to unite the true with the beautiful; but when I had to choose one or the other, I usually chose the beautiful." -- Hermann Weyl Miss Carbono que é o numero 6 na tabela periodica

3 comentários

Write comentários
Anônimo
AUTHOR
16 de janeiro de 2013 09:35 delete

Condordo com você, merece mesmo nota 7. Um livro que vale a pena a leitura seria o Ladrão de Almas, não me lembro o nome de autor. Quando puder dá uma olhada na sinopse, ok? só uma indicação mesmo.

Reply
avatar
Gustavo
AUTHOR
7 de março de 2013 14:10 delete

Estou procurando resenhas dele para comprar, porem quero uma coisa tipo 50 tons de cinza, e parecee que esse não é então ? rsrs

Reply
avatar
Mari Ramos
AUTHOR
8 de abril de 2015 07:28 delete

Comecei a ler esse livro meio que obrigada, por ser o livro do mês no TBR Jar de um grupo que participo. Ele me deu a ideia, pela capa e sinopse, de que seria uma hot total e eu não costumo gostar de hots.

Qual não foi a minha surpresa ao ser apresentada a um livro com uma história envolvente e conteúdo para debate!!! Amei! Não é um livro 5 estrelas, mas merece 4 estrelas na minha opinião. Obviamente tudo vai de acordo com o que cada um realmente quer encontrar nele, porque quem quer estilo 50 tons vai se decepcionar e muito.

A sinopse definitivamente não faz jus a ele, entretanto, e por isso também escrevi uma resenha no blog do conchego.

Não, eu não errei o nome do blog...É Conchego mesmo... de acordo com o dicionário, conchego vem do verbo conchegar que é uma variação sinônima do verbo aconchegar. Logo, conchego=aconchego, mas sem o a.rs.

http://conchegodasletras.blogspot.com.br/2015/04/resenha-butterfly.html

Reply
avatar


Olá, seja bem-vindo!

Pode falar o que quiser do filme, livro ou texto - só peço que tome cuidado para não ofender os outros leitores do blog. Nada contra palavrões mas também não vamos exagerar, ok?

Obrigada!