Resenha: Conquista - Candace Camp #MaratonaDeBanca

segunda-feira, outubro 15, 2012 3 Comments A+ a-




            Juliana crescera em um lar sem amor nem compaixão. Apenas uma pessoa a tratava com carinho: Nicholas Barre, um menino órfão, porém herdeiro de uma vasta herança. Ele também sofria nas mãos de suas guardiãs, mas logo partiu em busca de novos caminhos. Forçada a trabalhar como dama de companhia, Juliana teme jamais desfrutar de sua juventude e encontrar o amor de sua vida... até reencontrar Nicholas em um baile, agora um homem rico e com um título de nobreza. E mais lindo do que nunca...
Muito requisitado pela sociedade londrina, Nick desafia todos os costumes ao reatar sua amizade com Juliana, de uma maneira mais forte e envolvente do que antes. Mas ela não é perdoada por ser a preferida dele, e logo se vê em apuros ao ser expulsa da casa em que trabalha. Por isso, Nick decide recompensá-la da única maneira possível: tornando-a sua esposa.Entretanto o casal ignora que interesses ocultos buscam destruí-los, pois alguém deseja se apoderar da fortuna de Nicholas. E está disposto a tudo para consegui-la... – Sinopse retirada do Skoob
            Amigos de infância que, após passarem um longo tempo separados, tornam a se encontrar e se apaixonam. É exatamente assim que acontece com Juliana e Nicholas; quando crianças eles viviam de favor na mesma casa, ambos sendo marginalizados pelos parentes esnobes. Claro, Juliana e Nicholas não são parentes de sangue – ele é sobrinho do marido da tia de Juliana – mas constroem um relacionamento naqueles anos que foi importante para ambos.  Porém Nicholas vai embora...  

            Quando o reencontra, durante uma grande festa em Londres, Juliana está mais do que consciente da beleza e masculinidade de seu amigo de infância. Mas ela também tem consciência das diferenças sociais que agora existem entre eles: Nicholas agora é um lorde rico e Juliana não passa de uma dama de companhia.
            Porém Nicholas não está nem ai e fica encantado em rever sua amiga. Ele também percebe que Juliana está mudada e que sente algo mais intenso do que a amizade de antes mas prefere ser discreto sobre sua atração para não destruir a reputação da moça.
            Mais uma vez Candace Camp pega uma história simples, já lugar-comum em romances e constrói a narrativa de forma interessante, com personagens principais ótimos e vilões a espreita, tudo envolto em um mistério meio previsível, mas que atua como fio condutor da narrativa, pois os personagens principais se aproximam romanticamente ao mesmo tempo em que atuam como “detetives” em um caso de assassinato.
            Mas isso é só para o final do livro, antes disso a autora utiliza-se de outro chavão, o casamento de conveniência. Os mocinhos se casam por que é conveniente para ambos mas não por que se amam, de fato. Pelo menos é isso o que afirmam no começo mas, a convivência diária acaba fazendo com que se apaixonem ainda mais um pelo outro.
            Confesso que esse é um dos meus clichês favoritos no mundo dos romances e que foi isso o que me motivou na escolha do livro.  Isso e o fato de que conheço o talento de Candace Camp como escritora. ‘Conquista’ não é tão hot mas conquistou-me (sem trocadilhos) pelo amor entre os personagens, retratada de maneira tão bonita e convincente.
            Acho que é esse um dos grandes trunfos de Candace Camp como autora: Ela consegue convencer o leitor do amor entre os personagens, não restando dúvidas ao final de que eles de fato se amam. Em ‘Conquista’ é palpável que o que Juliana sente por Nicholas é mais do que uma paixonite ou uma atração. Conseguimos perceber o afeto que ela tem por Nicholas desde menina mas também a paixão que a mulher sente pelo homem. O mesmo ocorre com os sentimentos de Nicholas para com Juliana.

            Por isso recomendo com louvores para aqueles que gostam de romances de época e de histórias com um leve toque de mistério. Não é o meu livro favorito da autora mas merece uma nota 8 – é um bom livro.

O.b.s.: No Skoob falam que o livro “Conquista” faz parte de uma série chamada ‘Amores Ousados’ cujo primeiro livro é ‘Audácia’ (cuja resenha fosse pode conferir aqui). Porém não encontrei nenhuma referência a isso no site da autora, foi uma ligação feita pela editora brasileira mesmo.
No Romances in Pink, um blog especializado em romances, há a informação de que o livro é o primeiro da série ‘Women and Men’, cujo segundo livro é Relação Perigosa (clique no link para ler a resenha). Isso faz muito mais sentido pois a heroína de ‘Relação Perigosa’, chamada Eleonor, aparece  em ‘Conquista’.

 Para ler outras resenhas que escrevi para a Maratona de banca, clique aqui. 

"My work always tried to unite the true with the beautiful; but when I had to choose one or the other, I usually chose the beautiful." -- Hermann Weyl Miss Carbono que é o numero 6 na tabela periodica

3 comentários

Write comentários
15 de outubro de 2012 19:35 delete

Parabéns pela resenha! Já li Audácia e curti bastante. Muito em breve pretendo ler Conquista. Beijo!

www.newsnessa.com

Reply
avatar
23 de outubro de 2012 04:39 delete

Eu li o livro, gostei bastante. Gosto muito da Candace Camp, até o momento não me arrependi de ler nenhum dos seus livros.

sucesso flor ;*

beijos

Beijos
Luciana(✿◠‿◠)
♪♥ Apaixonada por Romances♥ ♪

Reply
avatar
1 de novembro de 2012 13:38 delete

Realmente, essa série Women and Men não é uma das Top da Candace Camp, mas mesmo assim não deixa de encantar, já li Relação Perigosa, e adoro o mocinho!!!
Beijos!
- Entre Cenas e Páginas

Reply
avatar


Olá, seja bem-vindo!

Pode falar o que quiser do filme, livro ou texto - só peço que tome cuidado para não ofender os outros leitores do blog. Nada contra palavrões mas também não vamos exagerar, ok?

Obrigada!