Resenha: Jogos Vorazes - Suzanne Collins

domingo, março 25, 2012 4 Comments A+ a-

 
     


“ - Senhoras e Senhores, está aberta a septuagésima quarta edição dos Jogos Vorazes!” (pág. 162)

Katniss Everdeen é uma jovem do 12º Distrito, o mais pobre de toda a Panem. Para garantir o sustento de sua irmã e mãe ela caça na floresta, tendo como companhia seu amigo Gale. Porém, no sorteio dos tributos escolhidos para os 74ª Jogos Vorazes sua vida sofre uma mudança brusca. Katniss tem que, então, lutar pela sua sobrevivência de maneira mais literal ainda.
O livro se passa em um futuro (não tão) distante, em que os Estados Unidos se tornaram um ‘país’ com 12 distritos chamado ‘Panem’. Cada um dos distritos é responsável por uma atividade, por exemplo, Distrito 11 é o responsável pela agricultura que irá manter toda a Panem. Já o Distrito 12 é responsável pelo carvão. Todos os distritos são comandados pela “Capital” que faz o possível para evitar a comunicação entre os distritos, de maneira a evitar que mais rebeliões aconteçam.
Na verdade, a única ocasião em que há certa comunhão entre uns e outros são nos Jogos Vorazes, um evento anual em que 2 jovens tributos de cada distrito são sorteados e levados para uma arena, onde tem que disputar até a morte. O vencedor fica rico e deixa todos em seu distrito em ótima situação por 1 ano. Mas, no 12º Distrito, há anos um ‘tributo’ não vence os Jogos, o que faz com que todos tenham certa antipatia pelo mesmo, apesar de serem obrigados pela Capital a assistir tudo.

                Então é isso, um Big Brother sangrento protagonizado por adolescentes o que chamam de Jogos Vorazes. Confesso que não me animei muito em ler: O primeiro livro foi lançado no Brasil em 2010 e só fui comprá-lo no final de 2011. Ouvia todo mundo falando desse universo futurista e já me desanimava, não sou a muito fã de histórias que se passam no futuro, seja ele distópico ou utópico. Mesmo assim comprei, por que queria ver qual era a mágica que fazia com que a série tivesse tantos entusiastas e também por que algumas resenhas me animaram de fato, comprei. Mas da compra para a leitura foram vários meses...
                Comecei a ler e, no inicio, achei a história interessante, porém lenta (já comentei sobre isso aqui). Achei que Katniss é uma personagem diferente, mais dura e realista que a maioria das protagonistas dos YA Books e, ao mesmo tempo, disposta a se sacrificar por aqueles que ama.  A cena em que ela se despede da família ilustra bem isso: Ela diz à mãe que a ama, mas antes lhe dá uma ‘bronca’ para que cuide da irmã mais nova. Dá um abraço na irmã mas, antes, a instrui sobe como proceder enquanto ela (Katniss) não estiver por lá. Essa atitude madura da personagem é um dos grandes trunfos de Jogos Vorazes, e faz com que o livro, logo de cara, seja diferente do que se via por ai.

                É a personalidade de Katniss e a curiosidade sobre o enredo que me seguraram e me fizeram prosseguir a leitura. Por que, como eu disse, o começo é bem parado - só se salvam a cena das notas dos tributos e a da “revelação” que Peeta faz durante sua entrevista. Mas depois que os Jogos começam, tudo muda, parece até outro livro. A sequência de acontecimentos é rápida e emocionante, a cada página você se sente mais ansioso com o desfecho da história.

                Mas não é só o contexto da violência que dá essa dinâmica a história, há também um contexto político nas entrelinhas. Nas páginas finais do livro esse aspecto dos Jogos tomam vulto mas, durante todo o livro, percebe-se que a Capital é o verdadeira inimigo, não os outros tributos. A Capital criou os Jogos para desunir o povo e é muito interessante como Katniss, apenas uma jovem, consegue desafiar a Capital e conquistar a simpatia de um distrito que não o seu.
                Mudando um pouco de assunto, eu já falei que também há romance nesse livro? Na verdade é um ‘triângulo amoroso’ entre Peeta, Katniss e Gale. Confesso que torço mais pelo o que ficou, embora tenha quase certeza de que Katniss vai terminar a história com o irritante Peeta - Alguns triângulos amorosos são fáceis de prever e esse parece ser o caso. Mas, como sou do contra, torcerei por Gale até o final da trilogia (ou até que ele faça algo que o desvirtue).  
                Falando sobre o romance entre os personagens, até mesmo nisso há uma diferença. Peeta está longe de ser o cara perfeito, é salvo por Katniss diversas vezes, sendo que esta ainda questiona o tempo inteiro o que sente por ele.  Além disso, apesar de ser um importante alicerce da trama, o livro tem tantos outros aspectos – aventura, ação, futurista – que o romance deixa de ter aquela importância crucial que vemos em obras como Crepúsculo, por exemplo.

                O resultado dessa combinação entre esses aspectos é um livro memorável. Surtei com o final e já estou me contendo para ler não comprar ‘Em Chamas’ imediatamente. Não sei o que restante da série me reserva, mas posso dizer sem dúvidas: Se os próximos livros forem tão bons quanto esse, Jogos Vorazes entrará para minha lista de séries favoritas, com certeza. 
                 Minha nota para esse livro é 9,0 – achei o livro fantástico, mas vou me conter com a nota, por que quero ter uma margem para os próximos livros.  


E você? Já leu 'Jogos Vorazes'? O que achou? Comente! 

"My work always tried to unite the true with the beautiful; but when I had to choose one or the other, I usually chose the beautiful." -- Hermann Weyl Miss Carbono que é o numero 6 na tabela periodica

4 comentários

Write comentários
25 de março de 2012 20:51 delete

Sua resenha ficou ótima! Eu quero ler esse livro, parece ser muito bom!


Bejinhos

Beijos
Luciana
Blog:Apaixonada por Romances

Reply
avatar
25 de março de 2012 20:52 delete

Parabéns pela resenha! Muito em breve pretendo ler Jogos Vorazes! Beijos!

Reply
avatar
Fabiana
AUTHOR
25 de março de 2012 21:27 delete

Finalmente depois de meses o Chrome me deu trégua e posso comentar normalmente nos blogs.
Amei sua resenha vc escreve super bem, já li esse livro e até fiz resenha!
Vc assistiu o filme? Fui neste sábado com meu marido, acredita que falei pra ele que estou esperando sua opinião aqui em seu blog? Sempre leio seus comentários para saber!!
Bjus Fabi!!

Reply
avatar
Sara
AUTHOR
26 de março de 2012 04:56 delete

A Trilogia de Jogos Vorazes é fantástica! Katniss é uma personagem que me impressionou, eu amo Peeta, ele é diferente dos outros mocinhos de livros. Gale é uma criatura que não gostei e depois de ler as sequências, passei a detestá-lo.

Reply
avatar


Olá, seja bem-vindo!

Pode falar o que quiser do filme, livro ou texto - só peço que tome cuidado para não ofender os outros leitores do blog. Nada contra palavrões mas também não vamos exagerar, ok?

Obrigada!