Resenha de “Era uma vez... Histórias para não dormir”.

segunda-feira, janeiro 16, 2012 3 Comments A+ a-

  



            “Era uma vez...” é uma coletânea de 3 histórias que tem como principal tema Contos de Fadas. Mas, como a capa do livro demonstra, são histórias mais “adultas” com o tema, tanto que como subtítulo vem a frase “histórias para não dormir”.
            Geralmente não gosto de comprar esses romances de banca com várias histórias por que me frustro um pouco. Ou eles pegam aqueles contos curtinhos, menores do que um romance e geralmente com pouca qualidade, o que é irritante por que você gasta seu dinheiro em histórias não tão boas, ou mutilam uma história de tamanho normal até que caibam várias no formato – o que me incomoda mais ainda pois vemos boas histórias perdidas no meio de tanta edição.
            Mas quando vi que a primeira história dessa edição tripla era dá Kimberly Raye fiquei mais interessada. Ainda mais por que era a “continuação” da série ‘Amor a primeira mordida’. Quando resenhei o ultimo livro dessa série não disse que a autora havia deixado um gancho para mais um livro? Então, a primeira história é a prova de que eu estava certa em minha suposição.

            Vou falar um pouco das histórias em separado.

            A primeira história se chama “Era uma vez uma fera...” e, como disse acima, tem um pouco a ver com a outra série da Kimberly Raye. Nela acompanhamos o ex-policial Matt Keller, um lobisomem, que em “Sede de prazer” havia sido mordido por um vampiro. Matt está preocupado pois, desde a mordida tem acontecido mudanças com ele, sua natureza lupina sendo complementada com algumas características vampíricas.
            Nessa situação é que ele conhece Shay Briggs, uma cabeleireira que tem um dos salões mais famosos da cidade. Ou tinha, por que tudo estava dando errado há meses, tudo por que ela arrancou a sobrancelha de uma cliente fora. Shay acha que Matt pode fazer com que seus negócios melhores pois tudo leva a crer que ele tem alguma formula mágica capaz de fazer crescer o cabelo rapidamente – fotografaram Matt com um cabelão, o que difere do penteado curto do lobisomem, por isso ela acha que é alguma formula mágica. Shay vai atrás de Matt e...
            O resto da história vocês conhecem. Gostos dos livros de Kimberly Rayes são divertidos e hot, mas sempre sinto falta de mais desenvolvimento na parte romântica; acho que o romance em suas histórias ficam um pouco ‘rasos’. Em “Era uma vez uma fera...”, por ser uma história menor ainda do que o convencional, essa característica se acentua. Mas é uma história divertidinha, leitura rápida e agradável.

            No segundo livro “Era uma vez uma floresta...” vemos Scarlett Templeton, que, dirigindo-se à casa da avó, resolve pegar um atalho. É quando ela conhece o bonitão Hunter... Ah, esqueci de dizer: Scarlett tem uma capa de chuva vermelha.
            Comparações com Chapeuzinho Vermelho a parte, a história parte para uma premissa interessante, a de que existe um mundo onde acontecem todas as histórias dos contos de fada. Mas esse mundo é pouco explorado (histórias curtas, por que vocês existem?) e a escrita da autora não é nenhuma maravilha, o que faz com que esse seja a pior história dos três. A autora Leslie Kelly, de quem eu nunca havia lido nada, teve a oportunidade de escrever uma boa história mas a maneira como a narrou estragou tudo, o uso de clichês na linguagem chega a ser irritantes. Além disso a heroína e o herói são uns chatos, o que não melhora o quadro.
            Mas é razoável, algo para ler e esquecer.

            Já na terceira história o nível volta a subir. Em “Era uma vez uma sedução...” vemos Juliet, a típica patinho-feio da família, se reencontrando com uma grande paixão, o bonitão Gareth, este um ex-namorado de sua irmã. Juliet acaba passando por uma transformação e isso faz com que a atração entre os dois se torne um romance.
            Também não é lá muito original (o que é original hoje em dia?) mas a maneira como a autora narra história faz toda a diferença.  Nesse caso a autora  (Rhonda Nelson) soube pegar esse enredo fácil e fazer uma história sensual e gostosa de ler, o oposto do que fez a autora da história anterior.
            Além disso, tenho uma quedinha por histórias em que as mocinhas não tem uma beleza convencional, o que é mais um ponto positivo. Mesmo não sendo minha preferida das três (gostei mais da primeira), foi uma ótima conclusão e influenciou minha nota para o livro.

              No geral, não é um livro que eu queira guardar ou reler, mas, com duas histórias boas e uma sofrível, se mostrou um bom passatempo. Recomendo para quem ficou curioso em ler esses contos de fadas mais “adultos” mas já vou avisando que não é nada memorável: Apenas uma leitura razoável. Nota 7. 


E você: Gosta de contos de fadas? O que acha dessas "versões alternativas" que tem saido nos livros e filmes? Comente!
           

"My work always tried to unite the true with the beautiful; but when I had to choose one or the other, I usually chose the beautiful." -- Hermann Weyl Miss Carbono que é o numero 6 na tabela periodica

3 comentários

Write comentários
Carissinha
AUTHOR
16 de janeiro de 2012 18:34 delete

Amo contos de fadas e curto ver os "alternativos", mesmo que geralmente ache que ficam devendo algo.

Leria apenas para passar o tempo.

Beijos!!

Arte Around The World

Reply
avatar
Lu
AUTHOR
17 de janeiro de 2012 05:23 delete

esse livro aprece ser hot, já conhecia, mas não cheguei a ler. Vou ver se acho ele no sebo, pois fiquei interessada. ^^
beijos.

Reply
avatar
17 de janeiro de 2012 14:15 delete

Interessante sua resenha =) confesso nunca ter lido esse tipo de livro mas estar com uma curiosidade sem fim para ler. Já vi alguns blogs falando desses romances de banca e cada dia cresce meu interesse!!!

Sucesso e ótimas leituras para vc =)

Seja bem vinda ao meu blog!!!

Reply
avatar


Olá, seja bem-vindo!

Pode falar o que quiser do filme, livro ou texto - só peço que tome cuidado para não ofender os outros leitores do blog. Nada contra palavrões mas também não vamos exagerar, ok?

Obrigada!