Resenha: Coisas Frágeis - Neil Gaiman

segunda-feira, dezembro 10, 2012 2 Comments A+ a-



             Coisas Frágeis (Fragile Things) é um livro de contos escrito por Neil Gaiman e lançado no Brasil em 2010. 

              Esse não é o melhor livro de Neil Gaiman, nem seu o mais famoso. Na verdade é como se estivéssemos lendo um caderno com algumas histórias escritas por ele, algumas até já publicadas em outros volumes (outras inéditas). Porém é de Neil Gaiman de quem estamos falando, então, mesmo um livro mediano escrito por Neil Gaiman é uma leitura interessante e inesquecível. 

             Já no primeiro conto, percebemos que estamos diante de um autor criativo e diferenciado. "Um estudo em esmeralda", é uma das minhas histórias favoritas desse livro, pois o autor conseguiu, de sua forma peculiar, misturar monstros e investigação de assassinado, no melhor estilo Sherlock Holmes, e ainda me surpreender bastante no final. 
             Nos outros contos, porém, o final surpreendente é deixado um pouco de lado. Em seu lugar, uma sensação de inquietação, pois a história oculta não é revelada ao leitor* ou, pelo menos, pouco alardeada. No conto 'Os casos da partida da Senhora Finch', por exemplo, percebemos que há algo acontecendo e no final há um grande acontecimento - mas fica aquela sensação de incomodo pelo o que não foi revelado. 
            
              Mas é um incomodo positivo, que nos faz pensar nas histórias de 'Coisas Frágeis' mesmo após as termos concluído. 'O problema de Susan' uma visão peculiar do autor sobre o desfecho da Saga 'As Crônicas de Nárnia' é uma daquelas histórias que mais parecem um sonho pois nada é realmente esclarecido e nada realmente aconteceu. Mas é interessante do mesmo modo, apesar de algumas colocações do autor que me incomodaram (como fã das Crônicas de Nárnia, não como leitora). 
              Já o conto 'Como conversar com garotas em festas' me mostrou que Neil Gaiman é um dos poucos autores que podem falar de "seres de outro planeta" ou E.T.s, sem que o tema me incomode (muito). Ainda sobre esse conto, teria gostado se houvesse mais detalhes sobre exatamente "quem" e "o quê" eram aquelas garotas porém, como eu disse, a história oculta não é revelada de todo. 
              Achei "O pássaro do Sol" inquietante e intrigante e 'O monarca do Vale', a ultima história do livro, me fez ter vontade de ler 'Deuses Americanos', livro de Gaiman de onde saiu Shadow, o protagonista desse conto. 
             Não comentei sobre todos os contos desse livro (no total são nove histórias) mas posso dizer que, no geral, são todos interessantes e com algum aspecto fantástico, como é já característico desse autor. Não li tão rápido quanto 'Coraline' ou 'Lugar Nenhum' mas considero uma leitura razoável, com momentos melhores e outros nem tanto. Comprei, juntamente com esse livro, 'Coisas Frágeis 2', que é um segundo volume de contos. Posto a resenha em breve. 
           
             Minha nota é 7 - como dito, um livro razoável. Criativo e interessante mas não um dos melhores trabalhos do autor. 

* Alguns teóricos dizem que todo o conto traz em si duas histórias. A primeira é a história narrada pelo autor, portanto visível, e a segunda é entrevista somente nas entrelinhas. É aquilo que o autor deixa através de pistas para que o autor descubra somente no final. Ou, no caso de Gaiman, só deduza. 

"My work always tried to unite the true with the beautiful; but when I had to choose one or the other, I usually chose the beautiful." -- Hermann Weyl Miss Carbono que é o numero 6 na tabela periodica

2 comentários

Write comentários
Babi Lorentz
AUTHOR
12 de dezembro de 2012 16:29 delete

Não imaginava que o livro fosse uma coletânea, mas gostei de saber. Acho que seria uma boa leitura. Não li nada do autor, mas tenho interesse em conhecê-lo. Você acha que seria um bom livro para inciar?
Beijos.

Reply
avatar
Anônimo
AUTHOR
10 de novembro de 2013 00:14 delete

Ja li, o cinquenta tons, e vou para o segundo amei me apaixonei por este casal, e acreditem tenho uma relacao equiparada com Ana, a diferenca e que eu adoro uma boa surra e o homem por quem me apaixonei. Tem medo de me amar, mas quem sabe como nossa querida ana ate o fim, terei o amor por completo do meu amado... beijos a todos

Reply
avatar


Olá, seja bem-vindo!

Pode falar o que quiser do filme, livro ou texto - só peço que tome cuidado para não ofender os outros leitores do blog. Nada contra palavrões mas também não vamos exagerar, ok?

Obrigada!