Irmandade da Adaga Negra: Guia Oficial da Série - J.R. Ward #Resenha

quarta-feira, maio 23, 2012 4 Comments A+ a-



            Quando li sobre o lançamento desse Guia logo decidi que iria comprá-lo. Não tive nenhuma expectativa mirabolante como as que eu tenho quando compro os livros da Irmandade, mas queria o “Compêndio” (é assim que alguns se referem a ele) na minha estante por que sou fã da serie.

            É claro entre o querer na minha estante e ler o Guia de fato há muita diferença e muito tempo se passou sem que eu sentisse a mínima vontade de ler esse livro. Até que eu li algumas resenhas positivas, tomei coragem e o peguei.
            O Guia fala um pouco mais sobre os irmãos e sobre a própria autora, seu processo criativo e a maneira como encara essa serie.  Também há uma pequena história sobre Zsadist e Bella, quando ambos têm que se adaptar à nova rotina com Nalla, além de cenas engraçadas que ocorrem no QG da Irmandade, provavelmente entre um livro e outro.
            Primeiro, sobre “Meu pai”, o conto de Z. e Bella: achei um que merecia ser compartilhado com os leitores, principalmente para mostrar que Z., apesar de ter melhorado muito depois de se apaixonar por Bella, ainda tem muitas barreiras emocionais e, talvez, nunca seja tão tranqüilo ou despreocupado. Faz todo o sentido os conflitos pelo o qual o herói passou nesse conto e, confesso, fiquei com lágrimas nos olhos em alguns momentos e muito feliz por ter dado certo no final.
            Sobre os guerreiros, é palpável nesse livro que Ward tem seus favoritos. Zsadist está no topo da lista de personagens favoritos da autora, algo que ela já tinha dito antes em entrevistas. Butch e Wrath também têm a simpatia dela, assim como Phury (eca!). O irônico é que meus dois personagens favoritos não sejam tão queridos pela autora: Ela admitiu que, no inicio não gostava de Rhage, mas depois passou a gostar dele, e Vishous... O tempo inteiro no livro dá para perceber a profunda antipatia que Ward sente por ele, chegando a dizer que ter que escrever seu livro foi um dos seus maiores desafios como escritora.
            Mas o que mais me preocupou, ao ler o Guia, foi o processo de escrita da autora. Ward não tem qualquer controle sobre a trama de seus livros. Como ela mesma afirma, as cenas vão se passando em sua mente, cabendo a ela apenas escrever e tentar encontrar algum sentido nelas.
            Claro, há também um obsessivo processo de revisão para que o livro tenha um andamento razoável, a história tenha alguma verossimilhança e os diálogos entre os personagens sejam o mais próximo possível da realidade. Mas, saber que o processo criativo dela ocorre de maneira meio anárquica, com as imagens simplesmente passando, me dá a sensação de que, mais cedo ou mais tarde, ela vai acabar metendo os pés pelas mãos e estragando a série.
            Sentimos um “gostinho” disso em “Amante Liberto(SE NÃO LEU O LIVRO PULE ESSA PARTE DA RESENHA): Ela vir me dizer que, para ela, foi perfeitamente natural que Jane se transformasse em fantasma, que foi um alivio para ela quando viu que Jane se transformou em fantasma por que ela já estava pensando que não teria um final feliz dessa vez... (FIM DO SPOILER DE ‘AMANTE LIBERTO’) É assustador ver uma autora conduzindo sua série preferida dessa maneira.  

            Continuando, o livro tem passagens muito divertidas e outras intrigantes que a autora postou nos fóruns online. Me deixou curiosa para saber mais sobre os personagens e continuar lendo a série, o que imagino que seja a intenção do Guia. Também foi legal ver a autora se referir aos seus personagens como se existissem de fato; dá a impressão de que é só ir para Caldwell e dar de cara com os irmãos. Se bem que é uma cidade fictícia, então...

            Indico se gosta da série, se é fã e se quer saber mais sobre os personagens tão fascinantes. É uma leitura obrigatória para você que lê os livros? Não. Mas é divertido, ajuda a entender algumas coisas que aconteceram nos livros e, como eu disse acima, aumenta a vontade de continuar acompanhando a trajetória dos Irmãos. Nota 8um bom livro.  




***
Gosta da I.A.N.? Leria esse livro? Comente!

"My work always tried to unite the true with the beautiful; but when I had to choose one or the other, I usually chose the beautiful." -- Hermann Weyl Miss Carbono que é o numero 6 na tabela periodica

4 comentários

Write comentários
Julia G
AUTHOR
23 de maio de 2012 12:20 delete

Ei Miss, eu só li o primeiro livro da série, e já virei fã. Não sou muito dada à leitura de guias, mas esse me deixou curiosa. O fato de a autora não saber para onde está levando a série também me deixa preocupada o.Õ Como assim? Espero que não faça confusão.

Beijinhos

Reply
avatar
Thaís Varine
AUTHOR
25 de maio de 2012 15:14 delete

Nunca tive oportunidade de ler livros desse tipo e esse é um dos que eu gostaria de ver para saber se vou gostar ;D

Beijos
http://osbastidoresdoamor.blogspot.com.br/

Reply
avatar
Anônimo
AUTHOR
22 de agosto de 2012 06:10 delete

GOSTEI,,,AMEI....ADOREI. SÓ QUERIA SABER SE IRA TER UM FILME. SEIRA MELHOR QUE CREPUSCULO E BEM MAIS QUENTE E TEM MAIS INRREDO

Reply
avatar
Anônimo
AUTHOR
22 de agosto de 2012 06:11 delete

POSTA AI SE TEM ALGUM PROJETO PARA FILME

Reply
avatar


Olá, seja bem-vindo!

Pode falar o que quiser do filme, livro ou texto - só peço que tome cuidado para não ofender os outros leitores do blog. Nada contra palavrões mas também não vamos exagerar, ok?

Obrigada!