A importância da leitura.

domingo, dezembro 07, 2008 0 Comments A+ a-

· "De que vale o saber, se não é prático? Saber viver hoje é o verdadeiro saber."
Aforismo 232 Baltasar Gracián
· "Quem não lê não pensa, e quem não pensa será para sempre um servo".
Paulo Francis

O ser humano busca sempre aprender coisas novas, isso desde os princípios do tempo. Mas quando é que começamos a medir os nossos interesses com perguntas do tipo “qual a importância de...”? Quando a resposta não atende as tendências praticas e diretas da sociedade atual, a atividade deve ser descartada. Qual a importância de ler? Porque abrir um livro, um jornal ou uma revista? Pra que se interessar em revirar paginas de coisas que, às vezes, foram escritas antes mesmo de nós nascermos?
É melhor começar pela parte prática. Sabe aqueles pesos que as pessoas usam na academia, para exercitar os músculos? Ler é o que se faz para exercitar a mente e, quanto mais se exercita, menor as chances de dar problema. Até hoje não inventaram nada melhor. Pesquisas comprovam que, quem exercita o cérebro regularmente, tem menores perdas de capacidade mental ou cerebral, ao sofrerem lesões na cabeça. Isso vale tanto para as pancadas e acidentes, quanto para doenças, como Alzheimer. Outro dado cientifico: Quem não lê está fadado a ter uma memória mais lenta. Aquele CDF que vivia com um livro em baixo do braço, na época da escola, de certo tirava melhores notas que você. Isto, claro, presumindo que você seja um daqueles que são radicalmente contra a leitura.
Outra coisa útil é a capacidade de argumentação que quem lê tem. Parece estranho? Num vestibular, pro exemplo, ao fazer uma dissertação sobre a globalização, o que leva a melhor não é aquele que coloca palavras difíceis, nem quem escreve o maior numero de paginas. Um dos principais quesitos de julgamento, ao ler-se uma dissertação, é a maneira com que o autor expõe suas idéias. Lendo, você aprende como deve se expressar e como não deve, se o texto for muito ruim. E não é só na parte escrita que essa argumentação é valida. Conversar com alguém que sabe o que dizer é sempre prazeroso, mesmo que as opiniões não sejam sempre as mesmas.
Eis o que penso ser, a parte útil e “importante” da leitura. Coloquei dados científicos, exemplos práticos e você agora não têm mais duvida que ler é uma coisa que vai lhe ajudar. Ótimo, pois agora vem à parte mais, como dizer, subjetiva da leitura.
Ao abrir as paginas de um livro, você acaba embarcando em outro mundo, em um lugar desconhecido. A cada pagina, você vai descobrindo algo que não sabia, a cada palavra percebe algo, conhece algo, tem uma nova visão de alguma coisa. É como uma viagem que se faz, mas sem sair do lugar: você nunca vai voltar pra casa da mesma maneira que saiu. Mesmo que for até a esquina, há sempre algo pra contar, algo pra pensar. Ler é poético, mesmo que você não esteja lendo uma poesia, pois é através da leitura você conhece o pensamento do autor e o que ele quis transmitir para quem está lendo a sua obra. Nem todos chegam à mesma conclusão, cada um tem o seu ponto de vista e é ai que está toda a beleza. Quer coisa mais bonita do que, mesmo passados tantos anos, as pessoas ainda debaterem se Capitu traiu mesmo Bentinho?
E não estou falando só de textos técnicos, filosóficos ou de jornais e revistas. Admiro imensamente aquele que lê e aprende, seja num tratado de Nietzsche ou num romance de banca. Aquele que tira algo, bom ou ruim, algo para se pensar, de uma leitura, merece um aplauso.
Não basta só ler, é preciso refletir.Chamo isso de ler com o coração. Você pode chamar do que quiser. A leitura não é só palavra, e que bom seria se todos entendessem a sua importância.
Miss Carbono


Atenção: Gostou do texto? COLOCA CRÉDITO!

"My work always tried to unite the true with the beautiful; but when I had to choose one or the other, I usually chose the beautiful." -- Hermann Weyl Miss Carbono que é o numero 6 na tabela periodica


Olá, seja bem-vindo!

Pode falar o que quiser do filme, livro ou texto - só peço que tome cuidado para não ofender os outros leitores do blog. Nada contra palavrões mas também não vamos exagerar, ok?

Obrigada!