Resenha: Liberta-me - Tahereh Mafi

sexta-feira, maio 24, 2013 3 Comments A+ a-





ATENÇÃO: Essa é a resenha do segundo livro da Trilogia Estilhaça-me e pode conter spoiler do primeiro livro. 
CLIQUE AQUI para ler a resenha de 'Estilhaça-me'





"Quero ser o amigo por quem você se apaixona perdidamente. O que você aceita nos seus braços e na sua cama e no mundo privado que mantém preso em sua cabeça. Quero ser esse tipo de amigo." - Warner (p. 380) 

A HISTÓRIA

            Em Liberta-me, segundo volume da Trilogia ‘Estilhaça-me’, Juliette e Adam estão livres para viverem sua história de amor. Longe de Warner e do Restabelecimento, os personagens principais passam os dias com outras pessoas iguais a eles (que tem super-poderes) e, no subsolo, desenvolvem suas habilidades.
            O problema é que tudo não é tão bom quanto parece. Para começar, Juliette não se sente aceita pelo grupo do Ponto Ômega. Aqui, no inicio do livro, vemos novamente aquela personagem insegura, que passa ao longo da multidão, que acha que ninguém vai aceita-la ou gostar dela. É estranho que toda a evolução da personagem acaba se perdendo entre um livro e outro e é como se víssemos, nesse inicio, a mesma garota que ficou anos presa e sem falar com qualquer outra pessoa.
            Os únicos momentos em que Juliette se sente menos mal são os que ela passam com Adam. Duas semanas após os eventos de ‘Estilhaça-me’, o amor entre ambos parece estar cada vez mais solido e mais caliente. No entanto, por ordens de Castle (o líder do Ponto Ômega) os mocinhos são proibidos de ficar a sós um com o outro. Além disso, Juliette sente que Adam está escondendo alguma coisa.
            Mas será que ela está preparada para descobrir algo que abalara seu sólido relacionamento?

PERSONAGENS

            Assim que esse livro chegou aqui em casa eu logo comecei a lê-lo. Não sou fã de ficções distópicas, e também não curto muito YABooks. Mas essa série é diferente. Essa série tem Warner (para entender minha fascinação pelo personagem, leia a resenha do primeiro livro).
            Então, no inicio, quando meu personagem favorito simplesmente não aparece, eu fiquei um pouco entediada, confesso. Não é que não goste dos protagonistas (Adam e Juliette) mas eles me cansam quando estão juntos. Além disso, Juliette se torna uma heroína mais interessante com Warner por perto – alguém mais reparou que ela é totalmente submissa a Adam?
            Ou seja, as primeiras páginas foram uma tortura até que Warner aparece... E simplesmente toma a conta do livro. Liberta-me é o livro de Warner, não somente por que ele monopoliza a maior parte das cenas com a mocinha. É também por que conseguimos ter uma visão mais profunda desse personagem e percebemos que, por trás da mascara de vilão, há apenas um jovem que foi vítima das circunstâncias em que nasceu.

            Se por um lado isso é bom, já que deixa esse personagem mais real, por outro confesso que senti falta da loucura que havia em Warner no primeiro livro. Aqui ele está mais para um malandro charmoso do que para o ditador obsessivo e desequilibrado do primeiro livro. Vemos também que o amor dele por Juliette é mais forte do que poderíamos imaginar e que – SIM! – há um motivo para ele conseguir tocá-la (há um motivo para Adam tocar Juliette também, vocês verão no livro). Enquanto isso aparece um novo vilão, o pai de Warner, que parece ser ainda pior que o filho.
            É incrível que, conforme as páginas foram correndo, eu acabei me apaixonando novamente pelo personagem chamado Aaron Warner. Chegou um ponto da história em que eu tive vontade de entrar na trama e dar uns tapas em Juliette: Como ela pode dizer que ama Adam quando ela sente tanto pelo outro?
            Nesse momento vocês me dirão que Warner é mau. Sim, eu concordo, e digo mais: Warner é mau e egoísta, além de ser incapaz de ser alguém diferente (mesmo amando Juliette e dizendo que faz qualquer coisa por ela).  É por isso que, provavelmente, algo sério acontecerá nesse ultimo livro da Trilogia uma morte talvez? , algo que fará com que o triângulo amoroso penda para o lado de Adam novamente. De certa forma Estilhaça-me é igual a dezenas de outras trilogias Young Adults por ai: No final, apesar de todo o conflito e triângulos amorosos, você sempre sabe com quem a mocinha vai ficar.

EXPECTATIVAS

            Porém ainda nos resta saber como e é por isso que pretendo ler o final dessa Trilogia. Considerando esse final aberto em Liberta-me é de se esperar que Juliette chute alguns traseiros no último livro. Mas, pensando bem, é o que eu esperava com o final de Estilhaça-me também e nada disso aconteceu. É por isso que eu detesto finais que possuem esses arcos em aberto: Eu sempre fico na expectativa de que algo fantástico aconteça... E sempre acabo me decepcionando.
            O que posso dizer é que a tendência é que mais segredos sejam revelados e de que o regime do Restabelecimento venha abaixo nessa conclusão. Na verdade, esse ‘mundo’ construído pela autora é apenas um pano de fundo para a verdadeira história, que é o triângulo amoroso entre Juliette-Adam-Warner. Portanto não esperem nada muito político: acho que, na ultima história, teremos mais revelações sobre os personagens do que desdobramentos de guerra.
            Claro, é conferir para ver. Só mais uma coisa: Aquela minha suspeita, de que a série havia tomado um rumo meio ‘X-men’ no final de Estilhaça-me, estava certíssima. Mas, com o passar das páginas você tende a ignorar isso – pelo menos foi o que eu fiz, já que esse negócio de ‘mutantes’ me irritou um pouco.

            Dou nota 8,5 para o livro – uma boa história, mas acrescento meio ponto pelo fascinante Warner.



#PreferiaWarnerMau #FicaComigoWarner #JuliettePiriguete 

"My work always tried to unite the true with the beautiful; but when I had to choose one or the other, I usually chose the beautiful." -- Hermann Weyl Miss Carbono que é o numero 6 na tabela periodica

3 comentários

Write comentários
Sara
AUTHOR
24 de maio de 2013 06:53 delete

Como sou sem atenção. Você acredita que só agora descobri que você não é fã de YA Books?!! hahaha Eu já li vários posts do seu blog e como não notei isso?
Eu já queria ler, mas eita que agora EU QUERO MUITO LER!
Também estou ansiosa para a produção do filme Estilhaça-me começar!!!

Reply
avatar
1 de junho de 2013 13:35 delete

Oi!!!!! Faz tempo que não apareço:/
Li Estilhaça-me, mas acho que vou ter que ler novamente, rsrsrs. Menina, se vc gosta do Warner, então vc deve ler Destrua-me, o conto que a NC liberou, que é a visão do W.
Quero muito ler Liberta-me, mas ando meio Dprê :(
Bjus
Fabi

Reply
avatar
Rommane
AUTHOR
10 de junho de 2013 16:23 delete

Esse livro atingiu todas as minhas expectativas para essa série e muito mais, muito muito muito mas muito bom, recomendo demais. O Warner é o secretário do diabo não consigo não amar ele ha só de pensar nele lágrimas me vem aos olhos *--------------*

Reply
avatar


Olá, seja bem-vindo!

Pode falar o que quiser do filme, livro ou texto - só peço que tome cuidado para não ofender os outros leitores do blog. Nada contra palavrões mas também não vamos exagerar, ok?

Obrigada!