Resenha: Doce Descoberta - Helen Bianchin

segunda-feira, maio 14, 2012 2 Comments A+ a-


Gianna e Franco Giancarlo aceitaram um conveniente casamento com os olhos bem abertos. Eles agiam como um casal feliz para criar uma aliança entre suas poderosas e milionárias famílias e dispersar as fofocas da imprensa. Mas, um ano depois, as coisas mudaram: o casamento pode não ser real, mas a paixão de Franco pela mulher, sim...
          (Sinopse retirada do Skoob)


        Não sei porque mas gosto de muito de romances com o tema "casamento de conveniência".    Acho que é o fato dos mocinhos se casarem antes de se apaixonarem, sei lá. O problema é que, junto ao tema dos casamentos de conveniência, normalmente vem um outro tema que detesto: Mocinhas submissas/inseguras que sempre foram apaixonadas pelo mocinho e sofrem por não serem correspondidas e se casam por amor, mesmo que alegando outros motivos. 


         No inicio esse seria um livro tipico do tema. Gianna é apaixona por Franco há muito tempo e, por esse motivo, não se mostrou relutante em se casar com ele há cerca de 1 ano. Ele, por sua vez, aparentemente não sente nada além de desejo pela esposa, apenas fingindo amor pelo bem das aparências.
         Uma coisa que a sinopse não explica: Os mocinhos pertencem a duas famílias que são sócias nos negócios por gerações. Quando surge a necessidade de um herdeiro, um casamento entre eles é cogitado pelos avós - afinal quem seria melhor para suceder os negócios no futuro do que um fruto da união dessas duas famílias? 
          Porém um ano se passa e nada de Gianna engravidar. Mesmo assim está tudo muito bem entre eles: São o casal do ano, os queridinhos da sociedade de Melbourne, os negócios prosperam. Tudo perfeito... Não fosse o surgimento de uma antiga amante de Franco. 


           A partir daí surge o conflito entre eles. Gianna sabe que Franco a respeita, que a deseja, que é feliz com ela... Porém, por ele nunca ter tocado na palavra amor, pensa que ele não a ama e que é só questão de tempo para ser trocada pela rival. Nem preciso dizer que a mocinha surta, né? 
           O lado bom é que, apesar de ser apaixonada por Franco desde o inicio, Gianna consegue disfarçar o sentimento, chegando a parecer até mesmo fria com ele em algumas horas. Se estivesse lendo o livro sob o ponto de vista dele, por exemplo, acho que jamais imaginaria esse amor que ela sente. Além disso a mocinha não baixa a cabeça pela vilã da história, discute com ela de igual para igual (e só depois cai em dúvidas). 


          Franco é um mocinho mais tranquilo do que os mocinhos italianos tradicionais, não tem demonstrações absurdas e tenta durante toda a história provar para a mulher que as insinuações da vilã são mentiras. Ele também não é tão arrogante, enfim, nem parece ser italiano rs. 
           Já Gianna é meio instável, porém gostei dela. Como disse acima, ela pode se corroer de ciumes mas não deixa a vilã saber disso, mantem o jogo de cintura "em público". O problema é que a atitude dela para com o mocinho e completamente descontrolada e absurda. Sinceramente até agora não entendi de onde ela tirou que o marido a estava traindo. 


            Mas gostei da maneira como Helen Bianchin conduziu a história, fazendo com que a 'tensão' entre o casal principal durasse até as ultimas páginas do livro sem que se tornasse maçante. É uma história simples mas, no geral, a autora conseguiu ser coerente (dentro do que se espera em livros desse universo) e ainda inovou na abordagem, mostrando o cotidiano do casal e não apelando para flashbacks para contar como os mocinhos se conheceram, como ocorre na maioria dos romances do tipo. 


            Por isso dou nota 8 - um bom livro que indico para os que gostam de romances de banca com o tema "Casamento por conveniência"


Mais um romance de banca para vocês. O que acharam do livro? Comente! 

"My work always tried to unite the true with the beautiful; but when I had to choose one or the other, I usually chose the beautiful." -- Hermann Weyl Miss Carbono que é o numero 6 na tabela periodica

2 comentários

Write comentários
Anônimo
AUTHOR
7 de dezembro de 2012 10:54 delete

Vou começar a ler agora. Gostei bastante do enredo !!

Reply
avatar
solange kjaer
AUTHOR
18 de dezembro de 2013 17:03 delete Este comentário foi removido pelo autor.
avatar


Olá, seja bem-vindo!

Pode falar o que quiser do filme, livro ou texto - só peço que tome cuidado para não ofender os outros leitores do blog. Nada contra palavrões mas também não vamos exagerar, ok?

Obrigada!