Heresia – S.J. Parris (Resenha)

sexta-feira, maio 27, 2011 23 Comments A+ a-

            Giordano Bruno é um italiano, ex-monge, excomungado e fugitivo da inquisição católica que vai para a Inglaterra à procura de um lugar onde possa provar sua teoria de que o Universo é infinito e a Terra é somente um mísero planeta desse universo imenso.
            Chegando a Terra da rainha ele é “convidado” a trabalhar como espião para os ingleses e infiltrar-se na escola de Oxford para descobrir se ainda há papistas no lugar e, mais ainda, quem são eles. Explicação histórica: Nessa época a religião oficial da Inglaterra era a protestante em oposição ao Catolicismo Romano, a maioria na época.  Porém o país ainda abrigava alguns adeptos da antiga religião e eram esses que Bruno deveria investigar.

Capa do livro no Brasil
            Sob pretexto de participar de um debate em que defenderia a teoria heliocentrista  (de que o Sol fica no centro e a Terra gira a sua volta), Bruno vai a Oxford, na companhia de seu amigo Sidney. Logo na primeira noite ele percebe que aquela é uma comunidade tradicional e reservada, composta quase exclusivamente de homens, todos preocupados em ascender ou se manter em seus cargos.
          
           Então ocorre o primeiro assassinato.  A maioria trata o caso como um acidente mas Bruno começa a investigar e se vê numa verdadeira conspiração, onde ninguém é o que aparenta.

            É um livro de suspense histórico com várias reviravoltas, quase todas surpreendentes.  Os cenários recebem descrições minuciosas e os personagens são muito bem estruturados; Apesar da grande quantidade de personagens na história cada um tem uma característica que o torna fácil de distingui-lo um do outro: O homem sem orelhas, o pavão, o subdiretor, o diretor, a filha do diretor... Enfim, dessa maneira é mais fácil se lembrar quem é quem.
            
G. Bruno
         A história tem capítulos mais longos o que pode dificultar um pouco a leitura, mas a narrativa é bem agradável. Escrito em primeira pessoa em “Heresia” nós acompanhamos os fatos pelos olhos de Giordano Bruno, um sujeito um pouco arrogante, meio inocente mas inteligente e com um bom coração. Bruno não se parece muito com os heróis e investigadores tradicionais; muitas de suas descobertas são feitas ao acaso ou apenas por saber observar alguns detalhes. O assassino, por exemplo, só foi descoberto no ultimo momento e ainda por causa de uma confissão.
            Talvez por isso o livro seja tão interessante:  Cabe a nós, leitores, observarmos coisas que o investigador não percebeu, atitudes que são narradas por ele de maneira banal mas que são verdadeiras revelações na história. No começo a solução parece fácil mas então a quantidade de suspeitos, pistas e informações confundem a mente do leitor (E de Bruno) de tal maneira que fica difícil saber quem é o mocinho e quem é o vilão da história.
          
           Por que, afinal, o que é mais herege: Ter uma religião diferente da maioria ou jogar com a vida das pessoas para conseguir o que se quer, em nome de uma suposta “batalha santa”? Nesse ponto a autora é de uma neutralidade impressionante pois ambos os lados (católicos e protestantes) são retratados com igual imparcialidade e a mensagem final é de tolerância, independente da religião.

            Recomendo “Heresia” para todos que gostam de suspenses no estilo “Código da Vinci” cheio de reviravoltas, embora Heresia seja menos “corrido” que o suspense de Dan Brown.  Quem gosta de histórias no período histórico também não vai se decepcionar, a ambientação da autora é ótima. E, por ultimo, se você está procurando uma boa série de suspense fica a indicação, por que Heresia também é uma série (Quando será que sai o próximo livro?).

            Mas se você prefere uma história mais rápida, com poucas descrições, talvez seja melhor ler outra coisa. Heresia é um livro para se ler aos poucos, sem pressa, a não ser nas ultimas páginas por que ai é impossível largar.
            
           Dou nota 8,5 – o livro é muito bom, mas tirei meio ponto por que ainda não decidi se gosto ou não desse tal Giordano Bruno. 


"My work always tried to unite the true with the beautiful; but when I had to choose one or the other, I usually chose the beautiful." -- Hermann Weyl Miss Carbono que é o numero 6 na tabela periodica

23 comentários

Write comentários
27 de maio de 2011 11:35 delete

Já faz um monte de dias que eu passo pela livraria e vejo esse livro. Depois da resenha fiquei mais tarada ainda pra cmpra - lo. Colocar na listinha! :)

Beijos:*

Raphaela
Equalize da Leitura
@EqualizeLeitura

Reply
avatar
Máh
AUTHOR
27 de maio de 2011 12:58 delete

Não deixe de participar da promo que ta rolando la no blog! Hj é o ultimo dia!


http://comessaseoutras.blogspot.com/

Reply
avatar
Carissinha
AUTHOR
27 de maio de 2011 15:26 delete

Parece interessante.
Eu gosto de romance histórico.

Beijos!

Reply
avatar
Clícia Godoy
AUTHOR
27 de maio de 2011 17:26 delete

Achei a temática bem bacana, e acho que vou acabar lendo!

Adorei a resenha!
=)

Bjinhos
Psiu!
Silêncio Que Eu Tô Lendo

Reply
avatar
27 de maio de 2011 20:17 delete

Está aí um tipo de livro que não é para mim, achei a capa linda mas o estilo não é dos meus preferidos.

Beijos,

Thai

Reply
avatar
Nana
AUTHOR
27 de maio de 2011 20:55 delete

Ai recebi esse livro da Arqueiro junto com O Lago dos Sonhos.!

Me interessei por ele pela sinopse, e agora lendo sua resenha [sim sou curiosa HAHA], me lembrou bastante Anjos e Demônios, capaz de eu viciar também ¬ ¬ kkkkk


Menine mas sabia que aquele filme do Mel Gibson agradou o povo de Cannes? Foi bem elogiado.

HAHA olha eu acho que deve ser o mesmo romance sabe? Você deve ter lido em livro msm, não sei...a Yara ler os romances em e-book.
Eu amo Texano...HAHA sou apaixonada...qualquer livro que vejo que é com texano já entra na minha lista!
Isso que dá ser fã de Jared Padalecki e Jensen Ackles KKKKKKK

bjs e bom final de semana.
Nana - Obsession Valley.

Reply
avatar
Ana
AUTHOR
28 de maio de 2011 03:42 delete

Oi, Miss. :)
É. Lembrei imediatamente de "O Código da Vinci" qdo li a resenha desse livro.
Não sei... Não é um gênero que eu gosto muito.
Li mais pela narrativa do Dan Brown. Estou aqui com outro livro dele que vou começar esses dias.

Tenho vontade de ler "O Nome da Rosa"... Assisti o filme várias vezes, mas não ficou tão claro... Quem sabe o livro me ajuda a entender melhor a parte final?
Bjs ;)

Reply
avatar
Kézia Lôbo
AUTHOR
28 de maio de 2011 09:50 delete

OO otima resenha, capa linda e titulo interessante.. COm certeza vou anotar na minha lista de futuras leituras! XD

Reply
avatar
28 de maio de 2011 09:52 delete

Eu amo filmes que falam sobre o passado, a historia
E nunca li nenhum parecido com esse, me chamou bastante atenção
Vou anotar o nome
Beijos

Reply
avatar
28 de maio de 2011 15:00 delete

Nossa! Eu nunca tinha ouvido falar desse livro, mas ele parece ser muito legal. Gostei demais da sua resenha, parabéns. Vou qualquer dia procurar para ler *-*

Beijinhos, se cuida s2
http://contandohistoriasempre.blogspot.com/

Reply
avatar
28 de maio de 2011 18:27 delete

OI MINHA LINDA AMIGA!!!!!!
GOSTEI DA CAPA E DA RESENHA!!
PASSANDO PARA LHE DESEJAR UM DOMINGO CHEIO DE PAZ E ALEGRIAS!!!!!
BEIJOS DE QUEM TE ADORA E ADMIRA MUITO!!!
WWW.AMORIMORTALL.BLOGSPOT.COM

Reply
avatar
29 de maio de 2011 06:39 delete

Eu não me interessei muito pelo livro, acho que não o leria, seria aquele tipo de livro que ficaria "enfeitando" a minha estante!
Beijos,K.
Girl Spoiled

Reply
avatar
Caue1507
AUTHOR
29 de maio de 2011 09:58 delete

o livro parece ser mto lgl, ainda não li nada tipo ''código da vinci'' mas adoro livros de suspense =]

--
hangover at 16

Reply
avatar
Ana
AUTHOR
29 de maio de 2011 15:36 delete

Ah, é, Miss... Conheço o livro "Éramos Seis"... Mas acredita que nunca li??
Poxa, várias vezes eu tive ele em mãos na biblioteca... Olhava curiosa... Mas nunca levei pra ler. :/
Agora está difícil achar ele de novo.
Bjs ;)

Reply
avatar
It Cultura
AUTHOR
29 de maio de 2011 19:53 delete

A história do livro parece ser muito interessante e eu adoro quando o livro é em primeira pessoa *-*

Acho que receberemos ele da Arqueiro, com quem fizemos parceria recentemente. Não sei... Se vier, lerei com o maior prazer =D

Bjs,
Kel - It Cultura
www.itcultura.com

Reply
avatar
Melissa
AUTHOR
30 de maio de 2011 04:37 delete

Olá Miss,

Gosto de livros misteriosos, e essa capa me chamou muito a atenção. Lendo a sua resenha (que por sinal está ótima) achei a temática parecida com o livro "A mão esquerda de Deus". Adorei a dica. Bjss

Melissa - espacoeditorial.blogspot.com

Reply
avatar
7 de julho de 2011 13:00 delete

Olá!

Muito boa sua resenha. Parabéns!
Este livro parece ser bem interessante. Amo livros que envolvem história e ficção e em 1ª pessoa, são mais legais. *-*
Espero lê-lo em breve! *-*

Reply
avatar
Joana Sabino
AUTHOR
28 de julho de 2011 08:35 delete

Eu já tinha ouvido falar bastante desse livro e com sua resenha só me deixou mais curiosa para ler!!!
Parece ser um ótimo livro. A temática é das que eu mais gosto! õ/

Reply
avatar
Liih
AUTHOR
12 de outubro de 2011 18:03 delete

parece ser super legal ^^
bastante suspense e tals...

Reply
avatar
Marli Carmen
AUTHOR
6 de novembro de 2011 03:23 delete

A resenha está excelente!!!

Reply
avatar
5 de março de 2012 17:32 delete

Boa resenha, Miss.

A título de curiosidade, solicitei esse livro à Arqueiro para resenhar e sortear (a promoção está rolando lá no blog. São dez livros. Caso alguém tenha interesse...).

Adoro a época em que a história se passa. Devoro fatos referentes à Inquisição, apesar de achar o episódio o absurdo dos absurdos. Estou louca para ter tempo de ler esse livro. Parece excelente! *---*

Beijos,

Fátima Menezes - @fatimamd
http://recantodecaliope.blogspot.com

Reply
avatar
Vivi Lemes
AUTHOR
6 de abril de 2012 18:42 delete

gosto de romances históricos, sua resenha me encantou! vou buscar este livro com certeza! bjs!

Reply
avatar
franfernands
AUTHOR
4 de janeiro de 2013 14:23 delete

Adorei esta resenha, realmente muito completa! Seu blog é incrível, parabéns!

Reply
avatar


Olá, seja bem-vindo!

Pode falar o que quiser do filme, livro ou texto - só peço que tome cuidado para não ofender os outros leitores do blog. Nada contra palavrões mas também não vamos exagerar, ok?

Obrigada!